Google+ Followers

segunda-feira, 29 de junho de 2009

RELATÓRIO DA OFICINA REALIZADA NO DIA 04 DE JUNHO DE 2009

1o Momento:
No 1º Momento, houve a exposição da pauta da oficina, seguida pela atividade de construção da linha do tempo a partir do material trazido pelos professores (o material deveria conter memórias que se relacionassem com a história pessoal na cidade de Volta Redonda). O recorte temporal foi da década de 1940 até os dias atuais. Dentre os objetos expostos ressaltamos as fotografias, utensílios, documentos e um catálogo de fotos antigas; além de alguns relatos dos professores presentes.


2º Momento:
No 2º Momento, foi feito o desenvolvimento da linha do tempo, através de um paralelo com a história da Educação Ambiental no mundo e os principais acontecimentos no Brasil, traçados pela professora Andréa Sampaio. Os elementos apresentados pelo grupo foram: a) a construção da CSN / evolução da cidade de Volta Redonda / ações governamentais sobre a preservação ambiental como parques, reservas e fundações – FBCN (Fundação Brasileira para a Conservação da Natureza) / legislação ambiental; b) atividades realizadas nas escolas / a importância da presença de alguns professores na escola desde a sua fundação / a presença do sindicato na vida do profissional de educação / conferências e relatórios sobre o meio ambiente (Clube de Roma, 1972); c) produção familiar (filhos) / experiências na escola com projetos / transformação do espaço da cidade / legislação ambiental, conferências, protocolos (ex. protocolo de Kioto, ECO 92).
Obs: Os slides sobre o percurso histórico da questão ambiental no mundo, encontra-se em anexo.

3º Momento:
Apresentação do vídeo Ilha das Flores, de Jorge Furtado.


4º Momento:
Após o vídeo, foi feita uma leitura silenciosa pelo grupo sobre o texto: O Lixo e a Questão Ambiental, de Fábio Neves. A idéia foi relacionar aspectos (cenas) do filme com algumas questões levantadas no texto. No debate foram destacados os seguintes pontos a serem trabalhados na relação homem x lixo:

O lixo como alimento (fonte de sobrevivência).
O lixo como dejeto (despejado longe do alcance do homem).
“Pensar” o lixo – “o meu, o teu, o nosso” lixo.
Lixo real x pseudo lixo.
Repensar a utilidade do lixo.
O lixo como responsabilidade social.
A produção do lixo na sociedade capitalista.
Ações da sociedade civil (supermercados cobrando pelas sacolas plásticas (parcela da população não gostou, o dinheiro era re vertido para APAE)).
Alternativas de se utilizar o lixo – reciclagem (confeccionar bolsa ecológica).
Educação Ambiental (lixo nas ruas, lixo dos restaurantes, a questão das fraldas descartáveis).
O “olhar’ sobre as pessoas que trabalham com o lixo (garis – auxiliar de limpeza urbana)”.
Para onde vai o lixo.

5º Momento:
Foi iniciado o exercício de pensar na Rede do Lixo.

Tipos de lixo: domiciliar – industrial – comercial – hospitalar

Modelo de sociedade e modelo de gestão

Esferas que cuidam do lixo: município e sociedade civil

Município
Função: coletar, transportar, armazenar e cuidar do lixo produzido pela população.

Questões: serviços de coleta, limpeza pública, coleta seletiva, reciclagem, fiscalização e tratamento.

Sociedade Civil
Função: Quem produz o lixo?

Questões: relação homem – lixo, repensar o que consome, selecionar o lixo, contribuir/ fiscalizar as ações do Município.


6o Momento:
Ao final, foi feita a avaliação da oficina e lançadas sugestões para o próximo encontro:

• Pauta extensa – reduzir a quantidade de atividades desenvolvidas em cada oficina.

• Reforçar a idéia do caderno de atividades e diferenciar oficinas temáticas de oficinas didáticas.

• Boa interação do grupo com as atividades propostas.

• Necessidade de alteração do calendário (dia da 3a oficina) devido às atividades realizadas pela Secretaria de Educação.

• O grupo sugeriu como encaminhamento à seleção de textos e atividades para serem trabalhadas no período do recesso.

Foi pedido que todos pensassem na rede do lixo a partir da realidade do Município de Volta Redonda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário